GENT

Passei rapidinho só pra falar que o blog agora está aqui => http://calmatatudobemagora.com.br/

 

 

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

Calma, não é filme nacional

Bom lindos como vocês devem saber já que são mais desocupados que eu (uma vez que estão lendo este blog) acabou de sair do forno clipe novo da Britney. E como já virou tradição por aqui, euzinha vou comentar o mesmo.

o clipe é da música Criminal que é o melô da patricinha carioca (mamai me apaixonei por um traficante) e a música é apenas OK mas como todo bom pop, me deixou com o refrão rodando loop eterno na cabeça.

O clipe começa com Brit fazendo uma homenagem pra sua BEST FRIEND Rihanna (mas antes tola um recadinho do Juarez fazendo merchan do novo perfume da cantora).

Brit faz referência a surra que Rihanna tomou do Cris Brown e já começa apanhando sem ser chamada de gostosa, o que configura agressão e não S&M.

Daí ela é salva por nada mais nada menos que: OSWALDO MONTENEGRO

Nossa, a música ainda nem começou e já se foram mais de 1 min de clipe, mais 29 min de introdução e isso vira Telephone da Lady Gaga.

Daí ela foge com Oswaldo Montenegro na moto dele e rola um recadinho da Aracy da Top Therm fazendo mercha do relógio que troca pulseira e Brit resolve entrar na onda dos artistas do Rock in Rio e homenagear o filho da Ciça.

Dai Oswaldo Montenegro leva Brit pro seu barraco no Vidigal e ela fica dançando sensualmente na porta e depois vai procurar uns pó mas acha apenas uma arma.

Dai eles fazem sexo para oficializar o título de princesinha do tráfico da cantora e o cara tem uma tatuagem tão brochante nas costas que qualquer umidade que a pessoa possa ter na região pubiana desaparece em segundos só de olhar.

Ta certo que cara tatuado é coisa linda mas vamo prestar atenção no que a gente tatua ne galero.

Então depois daquele sono gostoso pós sex rola aquela larica gostosa e eles vão ao mercadinho e Brit fica loca do cu e resolve assaltar o local e roubar um carro pra fugir.

No maior estilo matou a família e foi ao cinema eles assaltaram o mercadinho e foram fazer sexo no chuveiro e já é o segundo sex do clipe, ta melhor que o saldo anual de vocês hein.

Daí chega a polícia e como eles não tinham dinheiro pra pagar propina a polícia já chega atirando tiro até no teto tudo muito loco e a Britney e o Oswaldo Montenegro cagando pra eles se pegando indo quase pro terceiro sex e SEM TOMAR NENHUM TIRO.

TUDO MUITO VEROSSIMIL

Quando a polícia resolve invadir o local eles já tinham desaparecido magicamente de moto para virar capa do meia hora no dia seguinte.

Publicado em Uncategorized | 14 Comentários

Calma, não é mais um filme de zumbi

Oi lindos, esse final de semana, depois de muito sofrer no site do festival de cinema do Rio, que é uma bosta e não te da as informações que você precisa, de modo que você tem que ficar com 3 abas abertas no seu carregador se quiser ver dia, horários, local e sinopse do filme ao mesmo tempo, eu resolvi pegar meus produtos da apple, colocar um vestido de bolinha com um converse cano médio estampa assinada por algum designer, passar no starbucks pra tomar um café de 30 reais e prestigiar o festival.

O filme escolhido foi Contágio e pela primeira vez na história desse blog vamos falar de uma coisa antes dela estreiar no cinema, já que meu hype ainda não me leva a pré estreias e mesmo se levasse pré estreia de filme nacional eu passo (a não ser que seja open bar, aqueles paunocu). Quero deixar bem claro também que eu não só paguei a entrada como paguei INTEIRA de modo que isso não é post pago e eu não estou enchendo a bunda de dinheiro. O lado bom de não ser post pago é poder falar mal a vontade, de como o festival é mal organizado, e como eles dizem que o ingresso está disponível online apenas pra no final da compra eles avisarem que acabou, de como nego é paunocu e faz fila pra assistir filme ruim e de como eu não pude sentar no lugar que eu queria porque duas bichinhas alegaram que o lugar estava ocupado MESMO NÃO TENDO NADA PARA SINALIZAR DE QUE ALGUÉM EM ALGUMA ÉPOCA HAVIA SENTADO ALI JÁ QUE ELES NÃO SE DERAM NEM AO TRABALHO DE ABAIXAR O ASSENTO DA CADEIRA mas eu não quis arrumar confusão pra não ser acusada de homofobia já que não se pode nem pisar no pé do vinhado no metrô lotado que já configura homofobia, você que se vire pra levitar.

ia ser Epidemia, mas como já tinha filme com esse nome teve que ser contágio mesmo.

Bom, o filme é basicamente um filme de zumbi só que no lugar de virar zumbi a pessoa morre mesmo. O que chama a atenção nesse filme é o elenco que conta com grandes nomes do cinema e eu acho um milagre que o Ryan Gosling não esteja entre eles já que ele anda aloka de hollywood e deve estar com uns 3 ou 4 filmes em cartaz nesse momento.

Gwyneth Paltrow – Beth, uma mãe de família biscat que começa a espalhar a doença no universo graças a brilhante ideia de ir para um cassino. O que mais impressiona é o tamanho do cache que devem ter dado pra ela topar aparecer mais feia que briga de foice entre Regina Cazé e Susan Boyler nessa cena do filme:

a smeagoalização da gwyneth. Mas pelo menos ela ta magra ne gent

 

 

 

 

Asiático avulso – garçom asiático avulso que leva a doença pra uma espécie de COHAB de Hong Kong.

 

 

 

 

Matt Damon– pai de familia que perde a mulher e o enteado e descobre que é corno mas em compensação é imune a doença e isso se chama lei da compensação. Fica louco do cu e resolve impedir a filha de dar uns pegas no vizinho com medo de perder ela também, mas o mais importante sobre o Matt Damon nesse filme é o tamanho dele e não estou falando de MALA:

Matt Damon is the new Val Kilmer

 

 

 

Grisson negro – É um médico que caga tudo quando da informações privilegiadas sobre a epidemia pra peguete que conta pra melhor amiga e daí sabe como é mulher ne. Tem a frase mais sincera da história do cinema : “DROGA!Ele vai publicar o artigo.”

 

 

 

Jude Law – Blogueiro escroto e extremamente forçado já que todo mundo sabe que antes de ser blogueiro e escroto a pessoa tem que ser gorda. Acho bonito o Jude Law estar trabalhando mesmo com câncer porque essa careca dele já passou do nível calvice para o nível quimioterapia.

Marion Cotillinda – Epidemiologista sequestrada pela galere da COHAB pra ser trocada por vacina. Tá no filme só pra ser linda, íntegra e nos fazer morrer de inveja dela conseguir ser linda mesmo com cabelo curto e enrolado.

 

 

 

Kate Winslet – É mandada pra Chigago pra tentar resolver o problema mas acaba virando um problema. Ta lá só pra sambar na sua cara sendo linda mesmo dentro do saco preto enquanto você pega uma gripe e já vira a noiva de chuck.

 

 

 

Pai da Mônica – pesquisador que continua pesquisando sobre a doença mesmo não tendo infra estrutura para tal parece até os laboratórios brasileiros.

 

 

 

Cara de Breaking Bad – Oficial de justiça qualquer coisa que ta no filme só pra fazer uns contatos e arrumar uns papeis em filme quando o seriado acabar

Bom, morre muita gente no filme e como todo filme que morre muita gente não tem como ser ruim né. Recomendo especialmente pra quem for profissional da área de saúde (medicina ou pesquisa)  porque o filme é de uma sinceridade que chega a emocionar. O filme tem todos aqueles clichês de filme de zumbi, gente entrando em pânico, assaltando loja, fazendo de tudo pra tentar sobreviver etc.

Fora isso a melhor parte foi que no meio do filme a luz do cinema acabou e ISSO SIM É CINEMA 3D. Já pensou que loco o filme acaba nessa vibe de PUTA QUE PARIU O PESSOAL DO CINEMA TAVA DOENTE E MORREU E PAROU DE PASSAR O FILME TODOS NOS VAMOS MORRER.

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | 4 Comentários

Calma, pelo menos foi melhor que o terceiro

Bom lindos como vocês sabem (ou saberiam se a Vivo tivesse sinal 3g na cidade do rock) ontem (23) eu fui pro rock in rio (graças a gentileza do Multishow #ad rs). Como eu havia ido ao rock in rio 3, em 2001, resolvi fazer esse post comparando os 2 eventos com relação a estrutura. Mas é claro que no final vou dar meus pitacos sobre os show que eu vi ( ou ignorei ) ontem.

TRANSPORTE

Primeiro que o rock in rio deveria se chamar rock in puta que pariu, porque NE, se fosse rock in rio Lisboa ainda seria mais fácil de chegar do que sendo por aqui. O lugar escolhido foi tão no cu da Barra da tijuca ( bairro chato do Rio de Janeiro) que não era nem mais Barra da tijuca, já era quase Dogville. E além do trânsito normal de um dia com um evento desse porte ainda tivemos que aturar o trânsito de um normal na barra, transito esse que passou do estagio de engarrafamento para o de suicídio coletivo. CONCLUSÃO: demorava-se de 3 – 5 HORAS pra chegar na Cidade do rock. Quanto a isso não tem muito o que falar, no 3 foi a mesma coisa. O RJ não tem infra estrutura nem pra receber uma chuva, não vai ter pra esse tipo de coisa ne. Na volta foi tudo bem mais tranquilo e a tão criticada obrigatoriedade do riocard pra pegar os ônibus circulares até o terminal rodoviário pareceu realmente agilizar o processo. Outro ponto positivo foi que os ônibus que saiam da Alvorada, mesmo sendo normais, foram preparados justamente para isso, Não pegando outros passageiros nos pontos e só parando quando alguém que estivesse dentro solicitasse, quando necessário parando fora do ponto para o passageiro descer, tornando a viagem muito mais rápida.

ALIMENTAÇÃO

Quanto a comida, a variedade era boa (tinha bob’s, kone, bendita fruta, domino’s). Mas o que tinha em qualidade faltava em quantidade. As filas para comer eram gigantescas, demorava-se 1h para conseguir qualquer coisa e a desorganização era total (um chato no ônibus veio se gabar de ter gastado 20 e comido 200 reais). No rock in rio 3 não foi diferente (exceto a quantidade de opções, que era bem menor), mas eu, particularmente, não sei o quão válido é criticar esse tipo de coisa já que qualquer evento de grande porte tende a ter filas para tudo. Com relação a bebida deus olhou por nós e colocou uma cerveja boa para patrocinar o show: Heineken. IMAGINA que eu, euzinha, euzíssima, ia passar o dia inteiro la bebendo skol ou nova schin. Ia partir pras drogas BRINCADEIRA HEIN POLICIA FEDERAL SOU CARETA NAO USO DROGAS DROGAS TO FORA ETC. Não vou nem reclamar do preço (7 reais perto do palco principal, 6,50 perto da tenda eletro) porque vivemos num regime capitalista e eles não tão la pra fazer caridade. Também não tenho o que reclamar das filas, já que essa era a fila que andava mais rápido. O foda é ter que ir na puta que pariu pegar a cerveja. Levando em conta que a cidade do rock já fica na puta que pariu, é um inception de puta que pariu.

ESTRUTURA

Com relação a estrutura física do evento, está tão melhor que o de 2001 que nem conseguimos ver a antiga cidade do rock no horizonte. A grama sintética foi uma ótima alternativa àquela grama de verdade que, com 5 min de show, virou uma releitura de woodstock só que sem a parte legal. Manteve o ambiente limpo, o que contribuiu para que as pessoas não precisassem jogar a roupa usada no lixo após o evento.

Os banheiros são coisa linda de deus. São banheiros de verdade (não aquela porcaria química que você não sabe se usa pra fazer xixi ou pra vomitar), com direito a descarga, papel higiênico o tempo inteiro, surpreendentemente limpos e o melhor: SEM FILAS GROTESCAS.

Os stands e lojinhas estão bem posicionados, e tem um design legal e compatíve com cada marca. Praticamente todos tem brinde ou alguma atividade interativa. A parte eletrônica, da qual eu não entendo bulhufas, pareceu bem legal assim como o palco sunset e o palco principal deveria estar fazendo aniversário ontem, porque estava de parabéns. O palco é lindo e pareceu bem preparado pra suportar os efeitos e cenários dos shows.

Uma pena a roda gigante e a tirolesa não estarem funcionando (pelo menos enquanto eu estava lá). Inclusive as grades que formariam a fila para a roda gigante chegaram a atrapalhar a passagem, formando um gargalo, que se agravou a medida que o fluxo de pessoas aumentava.

Com relação aos shows….

O show dos paralamas com os titãs eu perdi porque ainda estava na odisséia que foi chegar lá. Homero ficaria com inveja. Depois veio a Claudia Leite e eu estou com vergonha até agora?Acho que conseguiram convence-la de que ela não é a Lady Gaga, de modo que ela usou uma roupa razoável. Agora só falta alguém avisar que ela não sabe fazer cover. Ela tentou cantar Satisfaction dos Rolling Stones e foi triste. Ela cantou uma versão em português de Bilionaire do Bruno Mars e foi mais constrangedor que o sanduíche de boceta. Daí, não satisfeita em estragar 2 músicas internacionais, ela resolveu valorizar a cultura nacional e estragar também Taj Mahal, do Jorge Benjor. Como se ela já não tivesse passado vergonha suficiente (reza a lenda que ela foi vaiada) ela ainda me sai do palco voando e é uma pena que não tenha voltado para o seu planeta.

NÃO TEM VIDEO DA CLAUDIA LEITE CANTANDO AQUI POR MOTIVOS DE: VERGONHA ALHEIA CRÔNICA

Quanto ao show da Katy Perry, bom, ela cumpriu a cota de playback do rock in rio. Chegou ao ridículo de ela usar 2 microfones na única música que cantou 100% ao vivo. O resto do show foi aquela coisa, muito figurino, muito efeito especial, muito cenário pra pouca ou quase nada voz. Mas verdade seja dita: ela é lindíssima e a parte que ela chamou o menino pro palco foi ótima, apesar de parecer tudo muito falso e pré-fabricado.

Depois vei Elton (LLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL) John e quanto ao show dele eu só vou falar que como boa pau no cu apaixonada que sou queria ter chorado ao som de Your Song. De resto eu só queria dar um abraço nele, ele é um fofo, a banda dele é ótima, e, mesmo com 300 anos de idade ele conseguiu, num evento desse porte, em um dia cujas atrações eram pop puro e com um público adolescente não estava nem um pouco afim de vê-lo, fazer um ótimo show.

Pra fechar a noite entrou Rihanna ( com um atraso considerável, levando-se em conta que até então as atrações estavam cumprindo incrivelmente direitinho o cronograma) e eu não sei o que dizer. Ela é lindíssima (apesar de fazer a pitty e parecer um pouco mais cheinha do que eu esperava), o show foi todo AO VIVO (#chupakatyperry), ela canta pra cacete, a banda é ótima (pra um show pop ela pesou demais a mão nas guitarras, mas compensou com a batida deliciosa e eu amei tudo?????) e o setlist foi coisa linda. Eu nem gostava tanto assim dela e não esperava tanto do show, tinha planejado ir embora na segunda música mas acabei ficando mais e não me arrependi. Se não fosse o atraso e a cagação no figurino (meio que um biquini anos 60 listrado horroroso) o show teria sido perfeito. O fato é que ela sambou na cara de claudia e katy mostrando que quando se tem talento de verdade não há necessidade de trocar de roupa 40 vezes e sair voando no final.

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , | 19 Comentários

Calma, não vou ensinar a fazer sanduíche no vídeo

POST SOBRE O ROCK IN RIO : O RETORNO DE JEDI

 

Link pro post original Rock in Rio: o casamento

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , , , | 18 Comentários

Calma, não adianta invejar que elas são imunes ao seu recalque

Bom lindos, como todo mundo sabe, ou pelo menos os mais desocupados como ~euzinha~ sabem, hoje a noite terá o Miss universo, que, apesar do nome, compreende apenas o planeta Terra, já que os outros nunca mandaram candidatas para participar. E numa tentativa de fazer aparecer uma celulite nas candidatas até lá, eu resolvi destilar o meu veneno (Recalque nº5) nas biscates que podem acordar amanhã sendo a mulher mais bonita da galáxia:

 

Concorrendo pelo Brasil temos Núbia Óliiver  , ex subcelebridade brasileira que flopou depois de dar uma engordada e não conseguir mais posar nua. Tudo leva a crer que ela virou evangélica, deu a volta por cima, e voltou com tudo pra tentar trazer a medalha de ouro pro Brasil na categoria fiz pornô mas continuo virgem.

 

 

 

 

Pela África do Sul temos Bunifa Latifah Halifah Sharifa Jackson tentando levar a coroa pra penhorar e levar comida para seu país. Se não rolar pelo menos vai dar pra pegar uns salgadinhos da festa e enfiar na bolsa pra levar pra família.

 

 

 

 

Tentando levar a coroa pros EUA temos a coadjuvante da Saga crepúsculo, tentando mostrar que vampiro também é gente e é possível manter a graça e a elegância mesmo se alimentando de sangue e brilhando no escuro.

 

Pela Venezuela temos Ticiane Pinheiro  , que cansada de ser conhecida como a neta da garota de Ipanema, esposa do Justus ou mãe da filha feia do Justus, veio mostrar que beleza nem sempre significa genes bons e tentar ser, finalmente, conhecida pelo próprio nome.

 

A Itália Mandou Alanis Morissette  na corrida pelo título e eu sempre achei que Alanis fosse canadense, mas com tanta massa e sorvete e coisa gostosa que a Itália oferece pra gente não é de se estranhar que eles tenham enviado alguém de outra nacionalidade já que lá só deve ter gorda (isso explica minha ascendência italiana).

 

 

As Ilhas Virgens surpreenderam o Brasil e o mundo ao realizarem uma singela homenagem a Jorge Lafond, a eterna Vera Verão, enviando uma participante que é a sua cara. Sem querer ser #CQC mas já: com essa cara não me admira ela ser das ilhas VIRGENS.

A Ucrânia mandou a Keira Knightley de megahair que no meio do desfile irá revelar que é uma policial tentando desvendar um crime em MISS SIMPATIA 3: NO FIM DO MUNDO.

 

 

 

Santa Lúcia, que por ser um país muito desconhecido ainda não possui mulheres em sua população, mando Jaqueline ex BBB para representar o pais (?).

 

 

Aproveitando a onda de metamorfos, Trinidad e Tobago mandaram Juma Marruá, uma mulher que quando passa muito tempo sem sexo vira uma onça só pra ser cutucada com vara curta #humor.

 

 

 

Quando soube que os EUA estavam mandando uma figurante de Crepúsculo pro Miss Universo, a Turquia não deixou barato e mandou O  PROPRIO ROBERT PATTINSON.

 

 

 

 

Como estava faltando mulher magra na Eslováquia, eles resolveram mandar uma supersize mesmo, porque com essa cara enorme essa mulher deve ter o meu IMC.

 

 

 

 

Se essa é a mulher mais bonita de Cingapura IMAGINA A MAIS FEIA?????????????????

 

 

 

 

 

A Russia também apelou para os vampiros para tentar ganhar o Miss Universo, mas como desde a queda do socialismo ela ainda não conseguiu se atualizar, ela acabou mandando a Buffy.

 

 

 

 

 

A Sérvia Mandou uma atriz pornô, na tentativa de ganhar o título no teste do sofá, esquecendo que só tem viado nesse tipo de evento.

 

 

 

 

 

Montenegro mandou Fernanda.

 

 

 

As Filipinas também pensaram em ganhar no teste do sofá, mas foram mais espertas mandando um travesti, quem bem ou mal ainda tem uma piroca.

 

 

 

 

 

A Nova Zelândia mandou nossa queria Katylene.

 

 

A Nigéria mandou a Raven .

 

 

 

 

Malásia mandou a líder das biscate dolls .

 

 

 

 

Israel mandou uma hippie qualquer.

 

 

 

 

 

A Grã-Bretanha mandou a Mônica de FRIENDS com ritalina.

 

 

 

 

 

A Grécia apelou pro divino mandando uma evangélica.

 

 

 

 

 

Guiana mandou a Bibi pré michaeljacksalização.

 

 

 

 

 

Geórgia mandou Lady Kate antes de conhecer o deputado.

 

 

 

 

 

A Estônia mandou a menina do clipe de Hole in My soul (pretexto pra inserir Aerosmith no post)

 

 

 

 

 

El Salvador mandou o Dino da família dinossauros.

 

 

 

 

 

O Equador também apostou em ex-BBB mandando a Íris Stefanelli.

 

 

 

 

Bélgica mandou a gêmes MAgra de paulinha ex bbb .

 

 

 

 

 

Angola mandou a minha empregada (pior que parece).

 

 

 

 

 

 

Botswana trolou o concurso.

 

 

 

Bom lindos, daí é isso, as que eu não coloquei é porque são lindas mesmo e não tem nem do que falar ne.

 

OBS: a maior parte das imagens foi gentilmente usurpada deste site : http://omedi.net/miss-universo-2011-as-candidatas/

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , | 21 Comentários

Calma, não é nenhuma pimenta malagueta mas arde um pouquinho

Bom, aproveitando a ~vibe~ do lançamento do filme dos RED HOT CHILLI PEPPERS e o lançamento do CD novo e a dica do @procrastino de postar sobre isso, eu resolvi, bem, postar sobre isso.

Antes que vocês comecem com o mimimi você não entende nada de música, vamos a algumas considerações:

– Realmente, eu não entendo nada de música, mas eu tenho ouvidos que ouvem perfeitamente e isso já me qualifica a opinar sobre música.

– Fui fã da banda durante anos, de ter CD raro e ir pro aeroporto conhece-los ( não posto fotos aqui porque estou ainda mais monstruosa que hoje em dia).

– O salário de zero reais que vocês me pagam não cobre o meu silêncio.

Tendo esclarecido isso, vamos ao que interessa:

Pílulas paradas podem servir de criadouro para o mosquito da dengue

Achei o nome da primeira música, Monarchy of roses, meio emo e, por algum motivo, me lembra o nome do CD do guns que eu me importo tanto que eu nem sei se já saiu ou não, Chinese Democracy, deve ser essa coisa de sistema de governo. O fato é: Já vou ouvir com um certo preconceito

1 – MONARCHY OF ROSES

O começo é muio ruinzinho, mas daí entra o refrão e você percebe que eles não traíram o movimento. O mesmo RHCP de sempre com um q de eletrônico que eu achei tão digno que nem ouvi de novo pra ver se era impressão minha. O refrão, inclusive, é tão bom que a música toda é praticamente refrão. A letra é fraquinha, parece querer fazer um paralelo entra politica e alguma coisa, mas no fundo eu não entendi xongas. Preciso nem dizer que o baixo é coisa linda ne? E o Heeeeeeeeyeeeeeee do Kieds no refrão me deu uma pontinha de vontade de ir no Rock in Rio.

A segunda música, Factory of faith, tem o nome tão na vibe da primeira que quase me faz pensar que é um álbum temático (não sei se é porque sou linda e não preciso pesquisar sobre uma coisa antes de escrever sobre ela, mas espero que não). Como espero uma crítica a religião de uma música com esse título, vou ouvir com uma pontinha de esperança que talvez seja boa.

2 – FACTORY OF FAITH

A música começa com um baixo tão evidente que eu achei que tava vendo Seinfield. Flea, você é um lindo, você não precisa fazer esse tipo de coisa pra chamar atenção D: . Daí a música começa e olha, Suzana vieira deveria ter escolhido essa música pra cantar. Não tem muito ritmo e é tudo meio que falado ás pressas pra acompanhar os instrumentos de modo que NNNNNNNNNNN. E quando eu digo falado eu digo um falado ruim, não um falado bom do tipo Give it away. O refrão é legalzinho, mas não consegue salvar a música tipo a anterior. A letra é fraca.

A música seguinte, Brendan’s death song, tem um nome tão ruim que eu fiquei até com vontade de pular e não falar sobre ela, porque eu to esperando uma coisa ou Nirvana ou My chemical romance e pra ouvir isso eu prefiro ir numa creche ouvir criança chorando, mas o que eu não faço por vocês neam?

3 – BRENDAN\’S DEATH SONG

A música começa com um violãozinho maroto e eu fico na expectativa da Fergie entrar e começar a cantar Big girls don\’t cry, mas daí entra o Anthony Kieds com a voz mais característica do que nunca e você sente até um alívio por não lembrar de Francine e Max no BBB 9. Não é nenhuma Under the bridge, mas é uma boa baladinha sobre morte. A letra é meio clichezinha, mas daria uma boa trilha sonora essa música.

Daí a quarta música se chama Ethiopia e eu parei pra comer alguma coisa porque é hora do almoço e alguém aqui tem que almoçar, já que os etíopes é que não vão. Piadinhas sobre a fome de lado, não da pra esperar muito de uma música com esse nome ne.

4 – ETHIOPIA

FLEA O QUE EU DISSE SOBRE COMEÇAR MÚSICA COM BAIXO E SEINFELD??? Tirando isso é a melhor música do CD até agora. A que tem mais a cara da banda. Essa música poderia ter entrado tranquilamente no Blood Sugar Sex Magic ou no Californication ( inegavemlente os dois melhores álbuns da banda) que estaria competindo de igual com as outras.

A quinta música, Annie wants a baby não me da margem pra pensar muita coisa só pelo nome de modo que vamos logo a ela.

5 – ANNIE WANTS A BABY

Não é muito a cara da banda, poderia facilmente ser um cover.

A próxima se chama Look Around. Acho que se caíssem esse CD no ENEM essa é a única que eu marcaria como sendo uma música dos RHCP.

6 – LOOK AROUND

AGORA SIM, isso sim é uma música falada boua. Tomara que vire música de trabalho.

A sétima música se chama The Adventures Of Rain Dance Maggie e todo mundo sabe que quem tem música com nome grande assim ou é banda de metal melódico ou é móveis coloniais de acajú. Estou com medo /reginaduarte

7 – THE ADVENTURE OF RAIN DANCE MAGGIE

A introdução é coisa linda, com um baixo lindo que dessa vez não parece saído de Seinfeld. A música tem bem a vibe da banda também, tem uma pegada meio Snow (Hey Oh), só que mais pesada que está permitidíssima. No final tem uma bateção de lata que o Blue Man Group deve estar se cortando de inveja até agora. A letra é bem legalzinha?????????

A oitava música, Did I let yoou know tem nome de música possivelmente boa, vamos conferir.

8 – DID I LET YOU KNOW

ACHEI SKANK??????????? Sabe aquelas músicas do Skank que não são grande coisa, mas também não são ruins? Tipo isso. O melhor é o solo, parece trompete, dignissimo.

MEU DEUS ESSA CD NÃO ACABA?????

9 – GOODBYE HOORAY

A introdução parece Incubus. A música é ok, bem música de meio de CD mesmo.

Depois vem Happiness loves company e música ótimista não é comigo. Se eu qusiesse ser feliz eu tava me entupindo de chocolate, não fazendo dieta ne.

10 – HAPPINESS LOVES COMPANY

O início da música é bem felizinho, mas não chega a ser ruim. A música não é ruim. É até boa, mas NE, garçom, me da o mesmo que eles tão tomando. Não que RHCP seja um Radiohead da vida, mas ainda assim.

A próxima se chama Police Station e eu to torcendo pra que entre na trilha sonora de Tropa de Elite 3

11 – POLICE STATION

A música fala sobre o período difícil que eles usaram drogas amigos que perderam etZZZZZZzzzzzzzzzzzZzzzzzzzzzzzzZZZZZZZZZZZzzzzzzzzzZZZZZZZZ A GENTE JA ENTENDEU QUE VOCÊS USARAM DROGAS E FOI UMA MERDA GET OVER IT.

A música que vem depois se chama Even You Brutus e eu jurava que essa expressão era restrita ao português, mesmo sabendo a provável origem dela etc.

12 – EVEN YOU BRUTUS

Eminem ta roxa de inveja. Bem hip hop de branco que não sabe fazer hip hop essa música. Da próxima vez chamem o Keany West #PORFA

Daí vem Meet me At the corner e eu só quero que esse CD acabe logo, puta que pariu CATORZE MÚSICA???????????Nego não lança nem m ais CD nos dias de hoje e os caras lançam CD com catorze fucking músicas.

13 – MEET ME AT THE CORNER

É a road trippin\’ desse CD. Boa pra ouvir com os amigos enquanto fuma maconhe NÃO QUE EU FUME MACONHE VIU POLICIA FEDERAL.

Pra terminar tem Dance, Dance, Dance, e eu fui conferir 3x pra ver se não tinha baixado o CD novo da Lady Gaga por engano.

14 – DANCE, DANCE, DANCE

Não é uma boa música pra dançar moço acho que você entendeu tudo errado.

Acho que vale mais a pena ficar 10 anos sem fazer nada novo e, quando lançar CD, vir uma delicia tipo Blood Sugar Sex Magic ou Californication do que ficar lançando CD mais ou menos tipo esse. Mas eu entendo que a galere precisa garantir o leitinho das criança ne.

Bom lindos, daí é isso, a opinião é ruim mas é de coração. Espero não apanhar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicado em Uncategorized | Etiquetas , | 14 Comentários