Calma, o filme do Facebook não é o novo I GOTTA FEELING

como ser fodão sendo um babaca

Muita gente pode não entender porque todo esse alvoroço sobre esse filme A Rede Social, que fala sobre a criação do Facebook quando o Facebook nem é tão legal e talz, mas não é legal aqui no Brasil aonde tudo começou com Orkut, no exterior o Orkut não rolou e o que pegou foi o Facebook, então basta imaginar um filme do Orkut que aí a gente acaba dando um pouco mais de credibilidade pra essa idéia (não adianta falar que não curte o Orkut porque a um ano atrás tava todo mundo lá fazendo stalk, enviando recados e entrando em comunidades loucamente).

Todo mundo sabe que um nerd pode ser um babaca, chatão e excluído, mas esse é o tipo de gente que ganha dinheiro e se dá bem na vida, enquanto você chega aos 40 anos cheio de filhos, morando de aluguel e endividado. No filme A rede social isso não é exceção, o criador do Facebook, Mark Zuckerberg ( interpretado pelo Jesse Eisenbergr), é um nerd estranho e aparentemente babaca que entende tudo de computadores mas nada da vida (todo mundo já conheceu algum cara assim) .

A primeira cena do filme já dá um grande spoiler sobre o filme todo, então não tem o menor problema eu contar a cena aqui. Mark toma um pé na bunda da namorada por ser nerd o suficiente a ponto de não conseguir ser uma pessoa decente que vai a um bar com a namorada, ele fala umas coisas delusionais, tenta racionalizar tudo, pensa de forma estratégica quando deveria ser uma pessoa normal e falar de coisas normais com a companheira.

Como todo bom babaca, o cara fica com raivinha, volta pra casa, abre umas cervejas e passa a noite escrevendo no blog pessoal coisas contra a ex-namorada, e é naquelas, por mais que seu blog não tenha visita nenhuma, está na internet e em seguida na boca do povo de acordo com sua popularidade. Na mesma noite ele tem a idéia de criar uma página na internet aonde as pessoas julgam e votam nas meninas mais bonitas da faculdade, o que implica em conseguir de forma ilegal os livros de fotos das pretty girls de toda a faculdade, e como o cara é um hacker, ele consegue facilmente e a partir daí começa a se ferrar bem gostoso e o filme se desenrola.

A idéia de criar o Facebook começa quando dois caras ricos que penteiam o cabelo e são atletas (os vilões da história) convidam Mark a criar uma rede social limitada à galera da faculdade, ele aceita e vê que a idéia de uma rede social é legal e pode escravizar as pessoas em frente ao computador, então decide roubar a idéia pra começar a fazer o Facebook enquanto os caras que penteiam o cabelo pensam que ele ta fazendo essa rede social pra faculdade. Óbvio que os caras começam a desconfiar da ausência constante de Mark e o contato apenas via email, mas não chegam a imaginar que estavam sendo passados pra trás. Nesse meio tempo Mark coloca o Facebook no ar e só depois que a galera ta toda achando legal essa coisa de OrkFacebook,  um dos sócios que o contratou pra fazer a rede social pra faculdade descobre a traição, fica, puto, conta para os dois atletas que penteiam o cabelo que por sua vez processam o pobre e injustiçado Mark. Em ordem não cronológica a história é contada alternando entre as cenas aonde ele é julgado por violar os limites legais da internet e as partes aonde a história de fundo se passa dando suporte às várias e diferentes circunstâncias de reuniões e tentativas de acordo com as pessoas que estão o processando.

A história é basicamente essa, um nerd todo estranho entrando em apuros sendo processado até pelo melhor amigo que estava com ele na empreitada do Facebook. Justin Timberlake é um dos coadjuvantes, mostrando que depois de ter fracassado por tentar ser o Michael Jackson new generation, depois de pegar a Scarlet Johansson num clipe e dançar com a Madonna em outro, é um ator de talento e consegue interpretar seu próprio papel, um cara que pega mulheres bonitas e tem a voz estranhamente fina demais.

não dou um jeito no cabelo mas dou um jeito nas mulheres

Questões técnicas de fotografia, trilha sonora e afins são desnecessárias porque as pessoas pararam de se importar com isso depois que My heart Will go on (trilha do Titanic) mostrou para o mundo todo que isso pode causar até nojo quando popularizado demais.

O filme em si não chega a ser ruim, é ok, a crítica em geral adorou, muita gente falando que vai pro Oscar, embora os críticos falam isso porque provavelmente acham redes sociais algo muito chato e tudo o que é chato e levam pro cinema acaba sendo uma surpresa bem original, mas nós já estamos acostumados a tanto tempo com redes sociais que um filme sobre isso acaba não sendo grande coisa, aí o resultado é que não é dessa vez que o nosso velho, querido e grudento I GOTTA FEELING vai ser substituído.

OBS: Esse é o típico filme que deveria ter censura 18+ só pra não inspirar essa geração de fãs de Justin Bieber a seguir os passos de um nerd sem vida social que se dá bem e ganha muito dinheiro.

Anúncios

Sobre procrastino

estou a espera de uma cura pra vida, esse oxigênio ta me matando.
Esta entrada foi publicada em facebook, filmes. ligação permanente.

25 respostas a Calma, o filme do Facebook não é o novo I GOTTA FEELING

  1. Pedro diz:

    1 dica: procure entender de cinema antes de escrever sobre. Não vi uma citação ao David Fincher.

  2. Cláudio diz:

    1 dica: procure aprender Português antes de escrever um blog. Não sei como não tive preguiça de ler tudo. E que crítica meia boca, hein, filhote. 😐

  3. will diz:

    Você realmente acha que não ser nerd significa entender alguma coisa da vida? Que os nerds é que são estranhos?

    de boa, usar uma musica horrivel de uma banda tosca pra chamar atenção pra uma matéria sobre cinema feita por alguém que obviament enão entende nada de cinema ISSO SIM PRA MIM É ESTRANHO.

    ser nerd = ser inteligente = ser fodão = NÃO SER COMO VOCÊ

  4. will diz:

    Fãs de justin bieber são burros, se virassem nerds e abandonassem a imbecilidade o mundo seria sim um lugar mais divertido e menos COMUM.
    o que aliás vc parece se orgulhar de ser. COMUM. IGUAL. PEDANTE.
    BURRO.

  5. esse deve ser paladino lvl 20

  6. Gabriel diz:

    CAARA, e na história do FACEBOOK, o melhor amigo, que é passado para trás, ele é brasileiro, e estudava em harvard.

  7. Adriana diz:

    1 dica: ainda vai ter muito paunucu nos comentários.

  8. Monique diz:

    Minha opinião sobre o filme: overrated!
    Pensei que só eu tivesse achado esse filme apenas OK…
    Ótimo post.

  9. Felipe diz:

    mimimi. pessoas reclamam demais nos comentários.

  10. Cláudio diz:

    Ninguém estaria reclamando se a crítica fosse decente.

    • Desirrê diz:

      mas como vc é mala, arranja algo pra fazer e vai escrever uma gramática já que pra vc o cara tinha que passar pelo teste do pascoale pra poder desovar na internet, seu metido a linguista totalitário. e se a crítica não ta boa de certo o problema deve ser seu mesmo.

  11. Carol diz:

    Essa foi a melhor crítica ao filme que li até agora.

  12. Kati diz:

    Alguns pontos insignificantes , fato. Mas nao deixa de dizer verdades. Claro que como cinéfila devo dizer que analiso o filme pelo roteiro, direçao, atuaçoes, fotografia… Sem olhar contextos externos.
    O que mais gostei no filme é que nao colocou o nerd como bom moço, inocente e estratégico.

  13. Tessa diz:

    “uma página na internet aonde as pessoas julgam e votam nas meninas mais bonitas da faculdade” *nojinho* Que coisa mais babaca para se fazer. E, hã. concordo com você sobre os nerds. Quem me dera ser uma deles! Agora estaria rica e dando risadas.

  14. Vic diz:

    DICA: presta atenção no filme antes de escrever uma crítica, que tal?

    Não tem “vilões” na história, tem personagens diferentes com posições divergentes.

  15. Amanda diz:

    Não vi o texto como um crítica de cinema, mas sim como a opinião nada imparcial de alguém que viu filme. Acho válido. Ainda não vi o filme, e agora estou com mais curiosidade ainda de ver.
    PS.: O grande problema do orkut foram as atualizações, é justificável que as pessoas tenham se enchido dele.

  16. É um filme aceitável, considerando que o cara copiou o orkut.

  17. Desirrê diz:

    mimimi como cinéfila, mimimi isso não é uma crítica…

    mas que cacete verde, se não tivesse tanto fresco, tanto cinéfilo e tanto metidinho a entender tudo de tudo a internet não seria tão divertida. mas blz, ó seu procrastino, o sr não devia escrever sobre filmes viu a menos que o sr seja um diretor renomado e todo mundo pague um pau desgraçado mesmo que seus filmes sejam um pé no saco.

  18. Rosana diz:

    como dizia @harpias
    “A VIDA NÃO ME LEVA A SÉRIO NÃO É VC QUE VAI LEVAR NE”
    seus pnc

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s